Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo britânico não tem plano para o Brexit

Um relatório produzido por uma consultora para o Governo britânico adianta que o Executivo liderado por Theresa May não tem um plano para implementar a saída da União Europeia.

1. Theresa May, primeira-ministra do Reino Unido
Reuters
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 15 de Novembro de 2016 às 07:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
O Governo britânico não tem um plano geral para implementar o Brexit e a estratégia para retirar o Reino Unido da União Europeia poderá demorar ainda seis meses a ficar definida, quando Londers prometeu iniciar o processo em Março do próximo ano.
 
A conclusão consta de um relatório produzido por uma consultora para o Governo britânico, que foi obtido pela BBC e pelo Times. O documento dá conta de divisões dentro do Governo de Theresa May e critica a primeira-ministra pela tendência para centralizar todas as decisões sobre o Brexit.
 
De acordo com a consultora, os departamentos do Governo estão a trabalhar em cerca de 500 projectos relacionados com o Brexit, sendo que devem ser necessários mais 30 mil funcionários públicos para tratar destes assuntos.     
 
Apesar de ter pedido o estudo, o Governo britânico já se afastou das conclusões do mesmo. "Este relatório não é do Governo e não reconhecemos as recomendações que contém", afirmou à Reuters uma fonte oficial do Governo de May, adiantando que "estamos focados na tarefa de concretizar o Brexit com sucesso".  
 
Mais tarde, o ministro dos Transportes, Chris Grayling, disse não ter "ideia" de onde veio o relatório. Falando no programa Today da BBC Radio 4, Grayling assegurou que o documento não resulta de um pedido do governo e rejeitou seu conteúdo. "A minha própria experiência é muito diferente da que descrevem", disse, acrescentando que a saída da UE e a negociação de um acordo pós-Brexit estão a ser trabalhados num "esforço de equipa". As negociações serão "complexas mas não será o desafio sugerido" no relatório.

Theresa May prometeu que ia dar início, até final de Março, ao processo de saída da UE com a activação do artigo 50 do Tratado de Lisboa. Depois disso esperam-se dois anos de negociações entre o Reino Unido e a União Europeia. Até agora, a primeira-ministra britânica não apresentou pormenores sobre a sua estratégia de saída da UE. 

O relatório, datado de 7 de Novembro e que não identifica a consultora que o produziu, atribui a falta de estratégia do Governo às divisões dentro do executivo britânico, com o ministro dos Negócios Estrangeiros (Boris Johnson), do Comércio (Liam Fox) e do Brexit (David Davis) deum lado e o ministro das Finanças (Philip Hammond) do outro.
 
O mesmo documento cita ainda a forte pressão dos grandes grupos económicos sobre o Governo britânico, para assegurar que recebem o mesmo tipo de garantias que foram concedidas à Nissan de que não sofrerá impacto com o Brexit.

(notícia actualizada às 11h10 com reacção do ministro dos Transportes)
Ver comentários
Saber mais Brexit Governo de Theresa May Reino Unido União Europeia BBC
Mais lidas
Outras Notícias