Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Olli Rehn: Novo resgate financeiro à Grécia não é a única opção

O debate em torno de um novo resgate à Grécia intensificou-se, depois de Olli Rehn, Comissário Europeu para os Assuntos Financeiros e Monetários, ter-se recusado a excluir essa hipótese. Ainda assim, diz o responsável, há outras hipóteses para a Europa continuar a ajudar Atenas.

Jorge Garcia jorgegarcia@negocios.pt 21 de Agosto de 2013 às 12:01
  • Partilhar artigo
  • 8
  • ...

Olli Rehn não exclui a possibilidade de um novo resgate à Grécia, mas alerta que existem outras opções para manter o programa de ajuda em andamento, tal como a extensão dos prazos de pagamento para os empréstimos concedidos, segundo noticia a BBC News.

 

O comentário de Rehn a um jornal finlandês surgiu no seguimento da declaração do ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schäuble, onde afirmou que a Grécia iria necessitar de um novo resgate, o terceiro, numa altura em que a Alemanha se prepara para eleições, e os eleitores estão preocupados com o tamanho da contribuição do país para os resgates a alguns países da Europa.

 

Recorde-se que Atenas já viu aprovados dois programas de resgate no valor total de 240 mil milhões de euros. E tem aumentado o número de pessoas, com peso político e económico, que acredita que a Grécia precisará de um terceiro pacote financeiro.O programa de ajuda financeira da Grécia será alvo de uma revisão, no Outono, por parte dos seus credores - Fundo Monetário Internacional (FMI), Banco Central Europeu (BCE) e Comissão Europeia. 

 

“Depois iremos rever o programa grego e a possível continuação do financiamento. A sustentabilidade da dívida pode ser melhorada, por exemplo, através da extensão do período de empréstimo”, afirmou Olli Rehn, em entrevista ao jornal finlandês Helsingin Sanomat.

 

Uma das condições do actual resgate é que a Grécia faça cortes e reestruture a sua economia. A questão se será preciso mais um resgate depende do sucesso e do ritmo dessa reestruturação.

 

Ainda esta quarta-feira, o jornal alemão “Sueddeutsche Zeitung” avança com a informação de que o terceiro programa de ajuda será financiado parcialmente pelo orçamento da União Europeia, sendo que a Grécia poderá receber ajuda financeira adicional através dos fundos estruturais europeus. A publicação não adiantou onde obteve a informação.

Ver comentários
Saber mais Olli Rehn Grécia resgate
Outras Notícias