Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Único deputado do Ukip deixa partido

O único deputado do Ukip anunciou a saída do partido. Manter-se-á no Parlamento como independente.

Alexandra Machado amachado@negocios.pt 25 de Março de 2017 às 18:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O Ukip, o partido anti-europeísta que teve Nigel Farage na liderança tornando-se numa das principais figuras na campanha a favor do Brexit, está a perder apoiantes. O único deputado que tinha colocado no Parlamento, Douglas Carswell deixou o partido.

"Como muitos de vós, mudei para o Ukip porque queria, desesperadamente, que saíssemos da União Europeia. Agora, podemos ter a certeza que isso vai acontecer, e, por isso, decidi que vou sair do Ukip".

Anunciou-o na sua página na internet, dizendo que a missão que o tinha levado a abandonar o partido conservador para se juntar, em Agosto de 2014, ao Ukip estava cumprida. O Reino Unido vai accionar esta semana o artigo 50.º do Tratado de Lisboa para sair da União Europeia. "Job done" [Trabalho feito] escreveu este sábado na sua página, onde acrescenta, no entanto, que o Brexit é só o início da mudança.

Agora, como deputado independente vai trabalhar para endereçar alguns dos problemas locais que afectam o serviço nacional de saúde, nomeadamente em Essex.

Justifica a sua permanência no parlamento pela razão de não estar, novamente, a trocar de partido. "Não estarei a mudar de partido, nem a atravessa o corredor para os conservadores, por isso não é necessário convocar eleições intercalares (para preencher o lugar), como fiz quando mudei dos conservadores para o Ukip. Serei um membro do Parlamento por Clacton, sentado como independente". Garante, por outro lado, que "deixei o Ukip de forma amigável, e satisfeito, com a certeza de que ganhámos". 

Mas essa decisão não está a ser bem recebida no Ukip que admite a sua saída de Westminster. O actual líder do partido, Paul Nuttall, declarou que o partido não beneficia nem organizativamente nem financeira por ter Douglas no Parlamento, por isso, a sua partida "não faz qualquer diferença na minha prioridade de promover as reformas que prometi quando fui eleito líder". No entanto, segundo o The Guardian, Paul Nuttal não tem poderes para o expulsar do Parlamento. 

O deputado esteve, recentemente, no centro da batalha pela liderança do Ukip desde que Nigel Farage resolver sair de líder após o referendo d ano passado. A sua saída do partido surge poucos dias após as acusações de Farage de que Carswell estava a desviar o partido da sua posição anti-imigração. No entanto, há quem recorde que recentemente foram revelados emails em que Carswell recusava a ideia de Farage ser condecorado. Farage nega que seja por isso que está em oposição a Carswell, acabando mesmo por dizer que já anda a tentar livrar-se dele há muito tempo, relata o The Guardian. 

Carswell foi um dos dois euro-cépticos membros do partido conservador a sair do partido em 2014 para o Ukip. Os dois ganharam as eleições intercalares para preencher lugares vagos como elementos do Ukip, mas enquanto Carswell manteve o seu lugar nas eleições gerais de 2015, o outro elemento, Mark Reckless, perdeu-o para o seu anterior partido.




Ver comentários
Saber mais Ukip Farage Reino Unido Brexit
Mais lidas
Outras Notícias