Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banca e decisões judiciais explicam novo gasto extra de 400 milhões em 2020

Os ativos por impostos diferidos vão custar 136,4 milhões de euros este ano. E em 2020 voltam a pesar nas contas públicas – um gasto que o Orçamento do Estado que o Governo se prepara para apresentar terá já de acomodar.

Lusa
Margarida Peixoto margaridapeixoto@negocios.pt 04 de Novembro de 2019 às 09:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
A banca vai voltar a pesar mais nas contas públicas do próximo ano, face ao que estava inicialmente previsto – e esse gasto terá de ser acomodado já no Orçamento do Estado para 2020 que o Governo quer entregar até 15 de dezembro. Os 400 milhões de euros de gastos extraordinários contabilizados a mais no saldo orçamental de 2020 correspondem a novas despesas com o sistema financeiro e ao impacto de decisões judiciais que afetam ...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Medidas extraordinárias Orçamento do Estado para 2020 Conselho das Finanças Públicas
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias