Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo coloca meta de excedente de 0,2% para 2020, dizem os Verdes

O ministro das Finanças adiantou aos Verdes que a meta orçamental com que está a trabalhar para o próximo ano é de um excedente de 0,2% do PIB.

Duarte Roriz/Cofina
Margarida Peixoto margaridapeixoto@negocios.pt 10 de Dezembro de 2019 às 12:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
O ministro das Finanças estará a trabalhar com uma meta de excedente orçamental de 0,2% do PIB, adiantou o deputado dos Verdes, José Luís Ferreira. Ao CDS, Mário Centeno já tinha indicado que a meta seria próxima do que está inscrito no esboço de orçamento do Estado enviado para Bruxelas, que num cenário de políticas invariantes apontava para um saldo nulo.

Mário Centeno tem estado reunido com os partidos durante a manhã, a apresentar as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para o próximo ano. "Achamos que devia haver uma inversão das prioriades. Em vez da obsessão que houve com o défice devia haver uma obsessão com os portugueses", sublinhou José Luís Ferreira, depois de revelar que a meta com que o Governo está a trabalhar é um superavit de "0,2%" do PIB.

No que diz respeito ao crescimento económico esperado, o Governo aponta para um valor entre 1,9% e 2%, indicou também o deputado dos Verdes. No Programa de Estabilidade, apresentado em abril, o Executivo antecipava o PIB a crescer 1,9% no próximo ano, mas no esboço de Orçamento do Estado enviado a Bruxelas em outubro, inscreveu 2%. Tal como o Negócios explicou na altura, a décima a mais no crescimento resultava do facto de não estarem incluídas medidas de consolidação naquele exercício de previsão.

Durante a reunião, os deputados dos Verdes transmitiram ao Governo o que gostariam de ver no próximo Orçamento do Estado. Nomeadamente, José Luís Ferreira indicou que a valorização salarial prevista para a função pública deveria ser mais acentuada, defendeu o combate às assimetrias regionais e sublinhou a importância de apostar na ferrovia.

(Notícia atualizada às 13h25. O título foi corrigido. A meta é um excedente de 0,2% do PIB, e não um défice, como por lapso foi escrito inicialmente.)
Ver comentários
Saber mais Mário Centeno CDS José Luís Ferreira défice orçamento do estado
Mais lidas
Outras Notícias