Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal Growth tem 100 milhões para capitalizar pequenas e médias empresas

O programa resulta de uma parceria de investimento entre a Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD) e o Fundo Europeu de Investimento (FEI).

Emma Navarro, vice-presidente do BEI
European Investment Bank
Ana Sanlez anasanlez@negocios.pt 07 de Maio de 2020 às 13:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

Chama-se Portugal Growth e pretende ajudar ao crescimento e capitalização das pequenas e médias empresas nacionais. O programa surge da parceria entre a Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD) e o Fundo Europeu de Investimento (FEI), e dispõe de 100 milhões de euros para investir em fundos de capital de risco, que por sua vez deverão investir em PME e Midcaps.


O programa fará uso de verbas públicas nacionais, comunitárias e privadas, para mobilizar até 300 milhões de euros de investimento.


"O programa utilizará uma combinação de critérios financeiros e de sustentabilidade ambiental, social, e de governo de sociedades (ESG) para selecionar e monitorizar até 5 fundos geridos por equipas de private equity e growth capital a partir de Portugal. Por sua vez, estes fundos deverão investir em cerca de 40 PME e Midcaps", explicam as instituições em comunicado.


As duas entidades sublinham que esta é uma "medida prioritária e urgente para apoiar a capacitação e capitalização das empresas portuguesas". O dinheiro será dirigido a projetos de internacionalização, transformação digital e inovação empresarial.


A IFD e o FEI "têm recebido múltiplas manifestações de interesse por parte de sociedades gestoras de capital de risco", pelo que a primeira operação de investimento deverá ter lugar ainda no primeiro semestre.


Citado na mesma nota, o Ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, sublinha a importância do programa para a retoma da economia "no quadro da crise sanitária que vivemos".


Já o Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, reconhece que a pandemia "veio evidenciar as fragilidades associadas à dispersão geográfica das cadeias de valor globais", pelo que é "expectável que surjam novas oportunidades de relocalização dos elos das cadeias de valor industriais ao nível europeu, em particular em setores estratégicos". Nesse sentido, o Portugal Growth "poderá constituir-se como um importante instrumento de apoio a estas oportunidades", considera o governante.


Também a vice-Presidente do Banco Europeu de Investimento, Emma Navarro, ressalva que face à "gravidade da situação que enfrentamos, o apoio às empresas e ao investimento é fundamental para proteger o tecido produtivo e preparar a fase de retoma da economia, uma vez ultrapassada a crise sanitária".


Esta não é a primeira parceria entre o IFD e o FEI. Em 2018 as duas instituições lançaram o Portugal Tech, um programa destinado a financiar start-ups por via do investimento em fundos de Venture Capital.

Ver comentários
Saber mais Instituição Financeira de Desenvolvimento Portugal Growth IFD Fundo Europeu de Investimento FEI PME Midcaps
Mais lidas
Outras Notícias