Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

IVA sobe para "download" de apps, música e filmes pela Internet

Os serviços electrónicos prestados por empresas europeias vão passar a pagar IVA na residência do consumidor. Portugal, que tem mais oito pontos de IVA do que o Luxemburgo, onde está a maioria das empresas, arrisca um agravamento fiscal.

Sofia A. Henriques
Elisabete Miranda elisabetemiranda@negocios.pt 16 de Dezembro de 2014 às 00:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 21
  • ...

É uma das muitas novidades fiscais para 2015. A partir de 1 de Janeiro, ao descarregar música e filmes electrónicos, apps, programas antivírus e qualquer outro serviço electrónico no espaço europeu, o consumidor final vai passar a pagar o IVA à taxa em vigor no país onde reside.

 

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Portugal Europa União Europeia Apple Amazon Google IVA app
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias