Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Criminalização do enriquecimento ilícito é aprovado esta sexta-feira no Parlamento

Desta vez sem inversão do ónus da prova, a maioria parlamentar apresenta uma proposta que deixa ao Ministério Público a tarefa de provar discrepâncias de rendimentos. E viabiliza projectos da oposição para discussão na especialidade

Bruno Simão/Negócios
Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt 06 de Março de 2015 às 00:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

A maioria e oposição. PDS e CDS-PP, PS, PCP e Bloco de Esquerda. A iniciativa foi do Bloco, mas todos apresentaram projectos de lei para a criminalização do enriquecimento ilícito – ou injustificado, como alguns preferem chamar-lhe – que há três anos foi debatido no Parlamento, mas que acabaria por não passar pelo crivo do Tribunal Constitucional (TC), voltando tudo à estaca zero.

 

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais enriquecimento ilícito PSD CDS-PP Bloco de Esquerda PS PCP
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias