Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Câmara dos Representantes aprova "impeachment" a Trump. Processo passa para o Senado

Donald Trump torna-se o terceiro presidente dos EUA a ser alvo de um processo de "impeachment", após a aprovação das duas acusações por parte da Câmara dos Representantes cuja maioria é democrata.

Negócios com Bloomberg 19 de Dezembro de 2019 às 07:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
A Câmara dos Representantes (câmara baixa doCongresso norte-americano) aprovou durante a madrugada desta quinta-feira, 19 de dezembro, o processo de "impeachment" do presidente norte-americano, acusando-o de abuso de poder e de obstruir o Congresso.

Este foi o culminar de um processo de várias semanas em que os congressistas ouviram mais de uma dezena de testemunhas e escreveram um relatório de centenas de páginas sobre a pressão feita pelo presidente norte-americano ao presidente da Ucrânia para que desse início a uma investigação a Joe Biden, ex-vice-presidente e candidato às primárias democratas, e o seu filho.

A votação para acusar Donald Trump - que se tornou o terceiro presidente norte-americano a passar por este processo, juntando-se a Andrew Johnson e Bill Clinton - dos dois crimes conseguiu o apoio de quase todos os congressistas democratas, mas de nenhum dos congressistas republicanos. 

Depois de mais de seis horas de debate, 230 congressistas votaram a favor e 197 votaram contra a adoção do primeiro artigo de "impeachment" que passa pela acusação de abuso de poder na pressão à Ucrânia. O segundo artigo em que Trump é acusado de obstrução ao Congresso contou com 229 votos a favor e 198 contra. 

"Não poderia estar mais orgulhosa ou mais inspirada pela coragem moral dos congressistas democratas", afirmou a democrata Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Representantes, após a votação. 

A aprovação do processo de "impeachment" na Câmara dos Representantes, que é controlada pelo Partido Democrata, abre caminho ao julgamento no Senado, que é controlado pelo Partido Republicano, sendo necessários dois terços dos votos para condenar o presidente. 

No início do próximo ano, os senadores irão decidir se o presidente deve ser condenado pelos crimes de que é acusado pelos democratas e, assim, se deve sair da Casa Branca. No entanto, é expectável que os republicanos, que controlam o Senado, ilibem Trump, até porque este deverá ser o candidato do partido às eleições presidenciais que se realizam em novembro do próximo ano.
Ver comentários
Saber mais Câmara dos representantes EUA Donald Trump Senado
Mais lidas
Outras Notícias