Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo vai fazer lista do património com origem nas ex-colónias portuguesas 

O ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva, promete que o inventário será realizada por académicos e diretores de museus.

O Banco Nacional de Angola lembra que os cinco maiores controlam 70% do mercado.
DR
Negócios jng@negocios.pt 25 de Novembro de 2022 às 09:13
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...
O ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva, prometeu, em entrevista ao Expresso esta sexta-feira, que Governo vai fazer uma lista do património com origem nas ex-colónias portuguesas. 

"A forma eficaz para tratar este tema é com reflexão, discrição e alguma reserva. A pior forma de tratar este tema é criar um debate público polarizado, não contem comigo para isso. É preciso um trabalho que envolva os museus e a academia de uma inventariação mais fina, e posso garantir que esse trabalho será feito", diz Pedro Adão e Silva, na edição desta sexta-feira do Expresso. 

O ministro promete que o inventário será realizada por académicos e diretores de museus, um "levantamento fino" do que poderá estar em causa. No entanto, garante, tudo será feito de forma discreta e longe da praça pública.

O debate sobre a devolução de obras de arte, bens culturais, objetos de culto e até restos mortais ou ossadas retiradas das suas comunidades originais e levadas para países como Portugal, França, Alemanha, Bélgica, Espanha, Inglaterra ou Holanda, ganhou relevância em 2018 quando o presidente francês, Emmanuel Macron, admitiu o "principio da devolução" e encomendou um relatório sobre a devolução de obras aos países africanos

São já vários países já deram início a processos de negociação e até de regresso de bens culturais aos países originários.
Ver comentários
Saber mais Pedro Adão e Silva Governo artes cultura e entretenimento
Outras Notícias