Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Já arrancaram os referendos para a anexação de territórios à Rússia

As votações estão a decorrer até dia 27 (próxima terça-feira) em quatro regiões ucranianas ocupadas pelos militares russos: Donetsk, Lugansk, Kherson e Zaporijia.

A carregar o vídeo ...
Negócios com Lusa 23 de Setembro de 2022 às 10:15
  • Partilhar artigo
  • 7
  • ...

A Rússia está a realizar os referendos sobre a anexação em quatro regiões da Ucrânia, total ou parcialmente controladas por Moscovo, segundo as agências russas. Kiev e o Ocidente classificam estas consultas como "uma farsa".


A votação, que começou às 6 horas de Lisboa, vai decorrer até terça-feira nas regiões separatistas pró-russas de Donetsk e Lugansk (leste) e nas áreas sob ocupação russa nas regiões de Kherson e Zaporijia (sul), enquanto decorre a ofensiva militar de Moscovo contra a Ucrânia.


A votação acontece depois de os parlamentos das autoproclamadas repúblicas populares de Donetsk e Lugansk, reconhecidas pelo Kremlin a 21 de fevereiro, três dias antes do início da guerra, terem convocado um referendo de integração das regiões na Rússia, ao qual se juntaram as regiões de Kherson e Zaporijia, parcialmente sob domínio russo.


O anúncio oficial dos referendos para anexação dos territórios ucranianos sob ocupação russa foi feito num discurso à nação proferido esta quarta-feira pelo presidente russo, Vladimir Putin, que revelou ainda que vai pedir a mobilização de 300 mil militares russos nas reservas para combater na Ucrânia. Putin aproveitou ainda para fazer uma ameaça de uso de armas nucleares contra os países do Ocidente.


Em 2014, as autoridades russófonas na Crimeia convocaram um referendo de adesão à Rússia, cujo resultado legitimou a anexação da península por Moscovo.

Ver comentários
Saber mais guerra referendos votações ucrânia rússia Putin Zelensky
Outras Notícias