Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Novo secretário de Estado “chumbou” aumento da TSU

Fernando Alexandre vai ser o novo secretário de Estado Adjunto do Ministro da Administração Interna. É doutorado em economia, professor na Universidade do Minho e foi um dos autores do estudo que calculou o impacto da subida da taxa social única (TSU) na economia. A conclusão era de que Portugal poderia perder 68 mil empregos.

Negócios 22 de Abril de 2013 às 14:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Fernando Manuel de Almeida Alexandre é o secretário de Estado que vai substituir Juvenal Silva Peneda. O novo governante, que será empossado esta segunda-feira às 19h por Cavaco Silva, participou em vários estudos e consultorias. Entre eles está um estudo, que foi elaborado juntamente com mais cinco professores de Economia, que avaliava o impacto do aumento da TSU na economia nacional, depois de Passos Coelho ter anunciado, em Setembro do ano passado, a subida desta taxa com o intuito de incentivar o mercado de trabalho. Mas as conclusões do estudo foram as opostas: esta medida poderiam aumentar em 68 mil o número de desempregados e aumentaria o desemprego de longa duração.

 

O responsável participou ainda na avaliação do impacto económico de “Guimarães Capital Europeia da Cultura 2012”, bem como outros de carácter económico.

 

Fernando Alexandre nasceu a 1972 e é professor associado na Universidade do Minho desde 2009

Ver comentários
Outras Notícias