Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sindicato de motoristas de matérias perigosas no ministério à espera de reunião

O Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) está esta noite no Ministério das Infraestruturas, em Lisboa, a aguardar uma reunião com o Governo, no âmbito das negociações com a associação patronal ANTRAM, disse o presidente do sindicato.

Lusa 16 de Maio de 2019 às 23:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A reunião foi convocada a meio da tarde e no encontro o sindicato espera a presença do ministro, Pedro Nuno Santos, e da Associação Nacional de Transportes Públicos de Mercadorias (ANTRAM).

 

Contactado pela Lusa, o presidente do Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas, Francisco São Bento, indicou que tem "a informação não oficial de que o acordo [de princípio de 10 de maio] pode ser rejeitado por parte da ANTRAM", isto depois de o sindicato ter tido o aval dos seus associados.

 

Se isso acontecer, Francisco São Bento afirmou que se mantém a greve, prevista para começar em 23 de maio e por tempo indeterminado, uma vez que já tinha ficado definido que o pré-aviso de greve se mantinha até estar escrito e assinado o acordo.

 

O dirigente sindical adiantou que "não foi fácil" conseguir a aprovação dos associados do sindicato para o acordo de princípio com a ANTRAM, cujos detalhes não foram divulgados.

 

A Lusa tentou contactar dirigentes da ANTRAM, mas sem sucesso, enquanto fonte oficial do Ministério das Infraestruturas e da Habitação disse não fazer comentários.

 

A ANTRAM e o SNMMP chegaram na madrugada de 10 de maio a um acordo de princípio.

 

O caderno reivindicativo dos motoristas inclui, além de uma remuneração base de 1.200 euros, um subsídio de 240 euros e a redução da idade de reforma.

 

O acordo resultou da mediação levada a cabo pelo ministério com a ANTRAM e o SNMMP.

 

O SNMMP foi criado no final de 2018 e tornou-se conhecido com a greve iniciada no dia 15 de abril, que levou o Governo a decretar uma requisição civil e, posteriormente, a convidar as partes a sentarem-se à mesa de negociações.

 

A arbitragem do executivo fez com que representantes sindicais e empresariais chegassem a acordo, no dia 18 abril, definindo um calendário para o início das negociações, sendo a paralisação desconvocada de imediato.

Ver comentários
Saber mais presidente do Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas Associação Nacional de Transportes Públicos de Mercadorias Pedro Nuno Santos Francisco São Bento ANTRAM SNMMP Ministério das Infraestruturas e da Habitação
Mais lidas
Outras Notícias