Saúde Hospital de São João já tem 22 milhões para usar mas Finanças ainda não autorizaram

Hospital de São João já tem 22 milhões para usar mas Finanças ainda não autorizaram

A situação do ambulatório no hospital pediátrico de São João, no Porto, será tema na audição de Centeno desta quarta-feira. As verbas para as obras já estão nas contas do centro hospitalar, mas não podem ser mobilizadas.
Hospital de São João já tem 22 milhões para usar mas Finanças ainda não autorizaram
Negócios 11 de abril de 2018 às 09:59

O Hospital de São João, no Porto, tem 22 milhões de euros para as obras na sua unidade pediátrica. Contudo, o dinheiro não pode ser utilizado. É preciso uma autorização do Ministério das Finanças, que ainda não chegou, segundo o Jornal de Notícias.

 

Foi na edição de segunda-feira que o JN noticiou que a quimioterapia pediátrica estava a ser administrada num corredor do hospital. 

 

As verbas que servirão para fazer as obras no hospital pediátrico estão nas contas bancárias do Centro Hospitalar de São João desde Fevereiro, diz o jornal esta terça-feira, mas falta a autorização do gabinete de Mário Centeno para a sua movimentação, como já tinha admitido a administração do jornal. 

 

O Ministério da Saúde não quis comentar ao JN, sendo que o Ministério das Finanças não deu qualquer resposta ao jornal.

 

Os partidos juntaram-se, na sequência da notícia, para criticar o Governo, e vão discutir o tema na audição parlamentar agendada sobre a saúde. Mário Centeno vai esta manhã ao Parlamento para falar do estado da saúde (financiamento e pagamentos em atraso aos fornecedores) e, conforme avança o Negócios após uma ronda com os partidos, apenas o PS está ao lado do ministro. O tema de São João deverá constar da agenda.




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Mr.Tuga Há 1 semana

Xuxas e geringonceiros do ps, pXp, BERloque, pan, etc todos em SILÊNCIO !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Se fosse com o PPCoelho até espumavam .....
HIPOCRITAS.....

General Ciresp Há 1 semana

Alguem reclama mais1/2duzia de policias,aparece logo o ministro das discotecas do tiroteio dizer q ja estao a cozinhar500pratica/a sair da panela.Dizem q precisam milhao de euros para quadros Miro(lhos)aparece o respectivo e diz q ja vao4milhoes a caminho.O hospital S.Joao precisa de100tenas de milh

pertinaz Há 1 semana

É ESTA A AUSTERIDADE ASSASSINA DA ESCUMALHA QUE NOS DESGOVERNA...!!!

APRENDAM SEUS JORNALEIROS

VIVEMOS EM DITADURA COM A CONIVÊNCIA DOS JORNALEIROS...!!!

Anónimo Há 1 semana

CAMBADA DE INQUALIFICAVEIS....FILHOS DE 500 PTS....CÃES....XULOS.....QUE FOSSEM ELES A TEREM QUE ESTAR NUM CORREDOR COM AGULHAS ESPETADAS!!!!!!!
ISTO NEM É CASO PARA DIZER RUA......É CASO PARA DIZER: M O R R A M!!!!!!!!!!!!

pub