Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pêra rocha do Oeste terá "acesso melhorado" à Colômbia

O comissário europeu responsável pela agricultura está no outro lado do Atlântico para melhorar a presença de produtos comunitários em dois mercados. Na comitiva leva dois empresários portugueses.

45º Colômbia - Pontuação 43,1
Wilson Ledo wilsonledo@negocios.pt 09 de Fevereiro de 2016 às 14:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

É um produto com denominação de origem protegida e pode ser uma presença mais frequente no mercado colombiano. A pêra rocha do Oeste tem potencial para cativar o outro lado do Atlântico. Quem o garante é a própria Comissão Europeia.

O comissário europeu Phil Hogan, responsável pela área da agricultura, encontra-se a visitar a Colômbia, seguindo depois para o México. Um dos objectivos da viagem passa pela "abertura" destes mercados permitindo um "acesso melhorado" a produtos como a pêra rocha portuguesa.


Em comunicado esta terça-feira, 9 de Fevereiro, Bruxelas recorda que existem ainda "alguns obstáculos" às exportações comunitárias de frutos, produtos hortícolas e bebidas espirituosas. Colômbia e México representam potencial nesse sentido com universos de, respectivamente, 48 e 125 milhões de consumidores.


Na comitiva de 42 empresas que acompanham o comissário europeu, há duas presenças portuguesas: António Tavares da Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores e Bruno Cardoso da Federação Nacional de Adegas Cooperativas de Portugal.


Na agenda de Bruxelas está também a equivalência dos produtos biológicos entre a União Europeia e a Colômbia e o novo acordo de comércio livre com o México, "cujas negociações começarão em breve".

Ver comentários
Saber mais Comissão Europeia Phil Hogan Colômbia México União Europeia economia negócios e finanças comércio externo
Outras Notícias