Automóvel Ford fecha fábrica de carrinhas no Brasil. Foi a primeira da empresa no país e ia celebrar 52 anos

Ford fecha fábrica de carrinhas no Brasil. Foi a primeira da empresa no país e ia celebrar 52 anos

A fabricante automóvel norte-americana anunciou que vai encerrar a sua fábrica de carrinhas comerciais em São Bernardo do Campo, o que poderá eliminar mais de 2.700 empregos.
Ford fecha fábrica de carrinhas no Brasil. Foi a primeira da empresa no país e ia celebrar 52 anos
Reuters
Carla Pedro 19 de fevereiro de 2019 às 21:46

A Ford Motor anunciou esta terça-feira que vai acabar com a sua pesada estrutura de carrinhas comerciais na América do Sul. O plano é fechar a sua fábrica de produção de carrinhas comerciais de São Bernardo do Campo, no Brasil.

 

Estas instalações de São Bernardo do Campo, um subúrbio industrial de São Paulo, estavam em funcionamento desde 1967 e tratou-se da primeira fábrica da Ford no Brasil, sublinha a Reuters.

 

Apesar de já ter produzido modelos automóveis, esta fábrica de momento apenas produz carrinhas comerciais F-4000 e F-350, bem como o Ford Fiesta (com vendas fracas).

 

O seu encerramento poderá levar à eliminação de mais de 2.700 postos de trabalho, refere a Reuters. A empresa não disse, para já, o que acontecerá aos seus trabalhadores.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos da região, esta fábrica tem 2.800 funcionários contratados, além de terceirizados.

 

A Ford tinha já anunciado que a reorganização da empresa poderia resultar em encargos de 11 mil milhões de dólares.

No passado mês de janeiro, a fabricante norte-americana anunciou que iria avançar com um plano de reestruturação profundo no mercado europeu, equacionando fechar fábricas na região – o que pode levar ao corte de milhares de empregos.

Na sessão desta terça-feira em Wall Street, a Ford encerrou a somar 3,40% para 8,83 dólares, seguindo agora - na negociação após o horário regular da bolsa - a ceder 0,68% para 8,77 dólares.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI