Automóvel Ford vai eliminar milhares de empregos na Europa

Ford vai eliminar milhares de empregos na Europa

A fabricante de automóveis norte-americana vai avançar com um plano de reestruturação profundo no mercado europeu e equaciona fechara fábricas na região.
Ford vai eliminar milhares de empregos na Europa
Reuters
Nuno Carregueiro 10 de janeiro de 2019 às 10:14

A Ford vai implementar um plano de reestruturação no negócio europeu que passa pelo corte de "milhares" de postos de trabalho na região e pode incluir o fecho de unidades fabris.

O anúncio foi efetuado esta manhã pela fabricante de automóveis norte-americana. Tem como objetivo o regresso aos resultados positivos na unidade europeia e insere-se num plano global de corte de 14 mil milhões de dólares em custos.

O número de postos de trabalho a eliminar não foi revelado, sendo que a Ford emprega atualmente 54 mil trabalhadores nas unidades europeias, onde detém 15 fábricas, com destaque para a Alemanha, Reino Unido e Espanha.

A Ford está também a equacionar eliminar a produção de alguns modelos menos vendidos na Europa.

"Vamos efetuar uma alteração significativa no desempenho do negócio", disse o responsável da Ford para o mercado europeu, Steven Armstrong. "Vai haver um impacto significativo em toda a região e estamos a olhar para todas as opções", acrescentou.

"Não se trata apenas de tornar o negócio mais eficiente, mas redesenhá-lo totalmente", disse Steve Armstrong ao Financial Times, acrescentando que não está ainda fechados os números de postos de trabalho a eliminar, mas serão "certamente milhares" e com "impacto significativo" nos números totais.  

O corte de empregos será preferencialmente efetuado através de rescisões voluntárias, revelou a empresa que tem no Focus e no Fiesta os modelos mais vendidos na Europa.

A divisão europeia registou prejuízos de 245 milhões de dólares durante o terceiro trimestre. A meta passa por alcançar uma margem EBITDA de 6%.


O anúncio da Ford surge numa altura em que as construtoras automóveis estão a apostar nos carros elétricos e a desinvestirem nas fábricas de produção tradicionais.  

 

(notícia atualizada com mais informação)  




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI