Automóvel Mini elétrico chega a Portugal em março e custa entre 34.400 e 41.400 euros

Mini elétrico chega a Portugal em março e custa entre 34.400 e 41.400 euros

O Mini Cooper SE, primeiro modelo elétrico da marca do grupo BMW, já pode ser pré-encomendado. As primeiras unidades começam a ser entregues em Portugal em março do próximo ano.
Pedro Curvelo 12 de julho de 2019 às 15:59
A Mini, marca britânica do grupo BMW, comemora 60 anos e assinala a data com o lançamento do seu primeiro veículo 100% elétrico: o Mini Cooper SE. A fase de reserva em pré-venda já arrancou e as primeiras unidades serão entregues em março do próximo ano.

O modelo foi apresentado esta semana em Roterdão e começará a ser produzido, na fábrica de Oxford, que continuará a produzir as versões convencionais. O arranque da produção está agendado para 1 de novembro.

A Mini permite a reserva do veículo mediante o pagamento de 1.500 euros.

O Mini Cooper SE apresenta um motor elétrico com uma potência de 135 kW (184 cv) alimentado por um "pack" de baterias de iões de lítio com 32,6 kWh de capacidade. A autonomia é, segundo a fabricante, de 235 a 270 quilómetros.
A carregar o vídeo ...

Em termos de desempenho, o Mini elétrico tem a velocidade máxima limitada a 150 km/h e uma capacidade de aceleração de 7,3 segundos dos 0 aos 100 km/h e de 3,9 segundos dos 0 aos 60 km/h.

A Mini indica que a partir de uma tomada doméstica ou de uma "wallbox" a bateria pode ser carregada a 80% em duas horas e meia e a 100% em três horas e meia. Num posto de carregamento rápido DC, o tempo de carregamento é de 35 minutos para 80%.

O Mini Cooper SE
 será disponibilizado em quatro variantes. A versão S, a mais barata, tem um preço-base de 34.400 euros. A versão M pode ser adquirida a partir de 36.900 euros, enquanto a L custa no mínimo 39.400 euros. A versão XL tem um preço-base de 41.400 euros.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI