Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Os carros mais raros do mundo exibidos no Lago de Como

Para os fatigados das multidões que marcam presença nos Concours d’Elegance de Pebble Beach, eis um novo objetivo: o Concorso d’Eleganza Villa d’Este, uma exibição de carros que se realiza anualmente nas margens do Lago de Como, na Itália.

O arranque do 2019 Concorso d’Eleganza Villa d’Este aconteceu sábado, 25 de maio, em Cernobbio Itália. No Lago de Como, a uma hora do Norte de Milão, este é um dos três principais eventos do circuito de automóveis clássicos e o único que decorre na Europa. O Pebble Beach Concours d’Elegance e o Amelia Island Concours d’Elegance são os outros dois.

Um BMW 507 Roadster, semelhante ao comprado por Elvis Presley em 1957, esteve em destaque no Concorso d'Eleganza Villa d’Este

Um Lamborghini Marzal de 1967 foi o mais futurista do primeiro dia do evento. Desenhado por Marcello Gandini, com um motor de 175 cavalos, o carro está apenas a 43,3 polegadas do chão e tem a frente totalmente revestida a vidro. Foi conduzido pelo príncipe Rainier e pela princesa Grace Kelly no Grande Prémio do Mónaco de 1967. É detido pelo suíço Albert Speiss.

Existem apenas 50 Rolls-Royce Wraith Eagle VIII, fabricados pela britânica Goodwood. O nome foi atribuído para comemorar o primeiro voo transatlântico sem paragens, realizado em 1919 por John Alcock e Arthur Brown. O bi-motor modificado da II Guerra Mundial estava equipado com dois Rolls-Royce Eagle VIII de 350 cavalos.

Alfa Romeo 6C 1750 Gran Sport. No seu tempo, este Alfa Romeo era classificado com um dos melhores carros de corrida. Equipado com um pequeno motor de seis cilindros e uma carroceira Zagato. Ficou famoso por vencer a difícil corrida Mille Miglia, com o piloto Tazio Nuvolari, que completou a corrida de 1.000 milhas com uma velocidade média de mais de 100 km/h, o que representou um recorde mundial na altura.

O automóvel da esquerda é o mais raro dos três em exibição: o 1964 CD Panhard LM6, que foi desenvolvido como sendo um dos carros de corrida com a aerodinâmica mas eficiente de sempre. Este modelo atinge uma velocidade máxima de 225 Km/h.

O automóvel em primeiro plano é um Seat Nardi 750 GT. O vermelho do meio é um 1967 Gyro-X, um "concept car" concebido para explorar a aerodinâmica de um descapotável, que é detido pelo museu norte-americano Lane Motor. O automóvel do lado direito é um Ferrari 512 S Modulo de 1970, que foi criado por Paolo Martin em conjunto com a Pininfarina. Tem um motor V12 com 550 cavalos.

O Vivant 77 de 1965 tem motor V8 com 405 cavalos. É detido por Phillip Sarofim, de Los Angeles, que namora com a cantora Avril Lavigne.

Construído em 1568 para ser a residência de verão do cardinal Tolomeo Gallio, o espaço tornou-se um grande hotel em 1873, passado a ser um dos destinos favoritos de aristocratas e jet-setters internacionais, como Alfred Hitchcock e Josephine Baker. O espaço de cerca de 10 hectares tem árvores centenárias, estátuas e flores coloridas.

Uma mulher pinta durante o 2019 Concorso, que acontece neste evento todos os anos desde 1929. Este ano tem como tema "A sinfonia dos motores – 90 anos do Concorso d’Eleganza Villa d’Este & BMW". Uma parada de automóveis que se deslocam vagarosamente ao longo da calçada que ladeia o lago, que é assistida pelos donos dos carros e convidados VIP que escolhem os favoritos. O prémio de melhor som de motor foi ganho pelo Alfa Romeo que está à direita.

O Lago Como fica repleto de barcos nesta altura. George Clooney tem uma casa neste local mas não compareceu no evento.

Uma mulher num Delahaye 135M. Fabricado em 1938, este protótipo serviu de inspiração para carros de luxo franceses produzidos depois da II Guerra Mundial. É detido por Emma Beanland, do Mónaco.

 

O OSCA MT4 1450, de 1953, é um modelo raro fabricado em 1947 pela família Maserati. O nome junta as letras iniciais de Officine Specializzante Costruzione Automobili.

O Alfa Romeo 1900 Super Sprint La Fleche, de 1955, é considerado um dos modelos mais aristocratas da marca.  

O automóvel no centro é um Ferrari 275 GTB/4, de 1967, que é particularmente raro devido à cor de avelã.

Este carro é uma recreação moderna do Garmisch da BMW, um automóvel que tem uma história misteriosa, já que foi lançado no Salão Automóvel de Genebra em 1970 e desapareceu quando foi transportado para a sede da empresa alemã em Munique. Foi desenhado por Marcello Gandini, que hoje tem 80 anos e ainda trabalha no seu escritório em Turim.

O Ferrari 512 S Modulo, de 1970, foi criado por Paolo Martin em conjunto com a Pininfarina. Tem um motor V12 e 550 cavalos.

O Bugatti La Voiture Noire foi uma das estrelas do evento. Não há outro igual e foi fabricado em homenagem ao Type 57 SC Atlantic Bugatti de 1930. Tem um motor de seis cilindros e 1.500 cavalos de potência. Construído em fibra de carbono, tem o recorde mundial de produção mais cara do mundo: 13 milhões de dólares.  

Bloomberg 01 de Junho de 2019 às 19:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Patrocinado principalmente pela BMW e pela fabricante de relógios alemã A. Lange & Sohne, o evento exibe 50 dos carros de coleções ??mais caros e bonitos do mundo, fabricados entre 1925 até hoje. São o sangue azul do mundo automóvel, como um Bentley 4,25 litros de 1936, um Ferrari 250 GT Berlinetta de 1960, um Aston Martin V8 Vantage de 1985, além de um Lamborghini que foi conduzido por Grace Kelly e um roadster BMW que pertenceu a Elvis Presley.

 

O Villa d’Este Concours começou como uma forma de as fabricantes mostrarem novos modelos para possíveis compradores e homenagearem os carros de corrida vencedores em cidades como Milão e Munique. Agora, talvez seja a exposição de automóveis mais surpreendentemente do mundo, com a mansão histórica Grand Hotel Villa d’Este como pano de fundo, e preços da maioria dos carros em exibição próximos ou acima de 1 milhão de dólares cada um. E este valor exclui as poucas criações modernas e sortudas que ganharam o direito de estacionar nesse ambiente tão eclético. Esses modelos incluem o Bugatti La Voiture Noire, de 12,5 milhões, e o BMW Garmisch, que não tem preço, e foi criado em homenagem a um concept car da BMW de 1970. Os bilhetes para o evento privado no sábado eram vendidos a partir de 490 euros por pessoa.

 

Os carros foram exibidos durante três dias no Villa d’Este e no Villa Erba. Convidados da França, Alemanha, Suíça, Holanda, Inglaterra, África do Sul, Japão e de outros países usavam fatos verão e vestidos florais enquanto tiravam fotos dos carros, bebiam champanhe e comiam bife.

 

As chuvas do final da tarde dificultaram os passos de algumas senhoras de salto alto, mas não o trabalho do nosso fotógrafo. Confira na galeria em cima os melhores momentos a que assistimos.

Ver comentários
Saber mais Lago de Como Bentley Ferrari Berlinetta Aston Martin Lamborghini Grand Hotel Villa BMW Garmisch Concorso d’Eleganza Villa d’Este
Mais lidas
Outras Notícias