Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

As orientações deixadas pela EY à CGD, do governo interno à gestão de risco

No relatório da auditoria que entregou à Caixa, a EY deixou várias recomendações ao banco público, distribuídas por quatro áreas principais: governo interno, política remuneratória, gestão baseada no risco e auditoria interna e “compliance”.

Miguel Baltazar
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

GOVERNO INTERNO
A EY recomendou a atribuição de "independência e exclusividade de funções" ao "chief risk officer" (diretor de gestão de risco). Para tal, propôs que se lhe retirasse "a responsabilidade pelas decisões de concessão, renovação, aditamento ou reestruturação de crédito". O responsável pelo risco deverá, contudo, "participar como elemento consultivo" nos processos de cré

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais cgd auditoria ey risco crédito
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias