Banca & Finanças Banco do BCP na Polónia aumenta lucros e supera previsões  

Banco do BCP na Polónia aumenta lucros e supera previsões  

Os lucros do Bank Millennium ficaram acima das estimativas mais otimistas dos analistas.
Banco do BCP na Polónia aumenta lucros e supera previsões   
Lusa
Nuno Carregueiro 29 de julho de 2019 às 09:02

Os números do Bank Millennium dão sinais positivos para os resultados do primeiro semestre que o Banco Comercial Português vai apresentar esta tarde, após o fecho da sessão.

 

O banco polaco controlado em 50,1% pelo BCP obteve um resultado líquido de 334 milhões de zlótis (77,9 milhões de euros) nos primeiros seis meses deste ano. Excluindo itens extraordinários (os resultados foram afetados por imparidades iniciais do Euro Bank de 65 milhões de zlótis, ou 15,2 milhões de euros), os lucros aumentaram 12% para 411 milhões de zlótis (96 mihões de euros).

 

Tendo em conta apenas o segundo trimestre, os lucros totalizaram 173,7 milhões de zlótis (40,5 milhões de euros), um valor que segundo a Bloomberg está acima da estimativa mais elevada. Segundo a mesma fonte, os analistas apontavam para lucros entre 141 e 165 milhões de zlótis.

 

O Bank Millennium surprendeu os analistas sobretudo com o aumento da margem financeira e com o decréscimo das provisões para crédito malparado.

 

No comunicado que enviou à CMVM, o BCP destaca que a margem financeira do banco polaco aumentou 21,5%, beneficiando com o contributo do Euro Bank, que foi comprado este ano. Os custos operacionais aumentaram 19,6%, em termos homólogos, sendo que o rácio cost to income (que mede a relação entre custos e receitas) ficou em 46% sem tem ter fatores extraordinários.

 

O BCP destaca ainda a "elevada qualidade dos ativos e liquidez" do Bank Millennium, com o malparado a atingir 4,3% do crédito total, num semestre em que os depósitos de particulares aumentaram 14,4% e o crédito a empresas cresceu 11,5%.

 

As ações do Bank Millennium sobem 1,86% para 7,945 zlótis na bolsa de Varsóvia. Em Lisboa o BCP avança 0,72% para 25,28 cêntimos. Após o fecho da sessão o banco liderado por Miguel Maya apresenta os resultados do primeiro semestre, sendo que os analistas do CaixaBank BPI estimam um aumento de 12% nos lucros para 169 milhões de euros.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI