Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banco do Chipre recusa compra pela dona do Novo Banco

O fundo de investimento norte-americano ofereceu cerca de 1,51 euros por ação, mas acabou por ver a sua proposta recusada pelo conselho de administração do Banco do Chipre.

DR
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...
O fundo Lone Star, que é dono do Novo Banco, viu esta sexta-feira ser-lhe recusado a compra do Banco do Chipre pelo conselho de administração. A Lone Star tinha oferecido 1,51 euros por ação.

O Banco do Chipre registou na negociação desta sexta-feira uma valorização de 3,52% para 1,18 euros, totalizando um valor de mercado de 524,3 milhões de euros. O portfólio do fundo liderado por John Grayken inclui o Novo Banco e ainda o alemão IKB Deutsche Industriebank. Vários investidores têm optado por se manterem afastados do setor, mas a banca começa agora a ficar mais atrativa devido à subida das taxas de juro pelos bancos centrais.

O Banco do Chipre é a maior instituição de crédito do país, oferecendo serviços desde o retalho à banca comercial, passando pelos seguros. A instituição financeira enfrentou uma forte reestruturação em 2013, na senda da crise económica na Grécia. Como parte do pacote de resgate de 10 mil milhões de euros do Estado, o banco acabou por comprar o seu maior rival e foi recapitalizado com a conversão dos depósitos em ações. De acordo com a Bloomberg, clientes que tinham mais de 100 mil euros na instituição acabaram por ver metade das suas poupanças convertidas em bolsa a um euro por ação.
Ver comentários
Saber mais Chipre Lone Star Novo Banco Banco do Chipre Banco economia negócios e finanças serviços financeiros banca macroeconomia mercado financeiro mercado e câmbios
Outras Notícias