Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCP cumpre novas exigências de solidez do BCE

O BCP tem um rácio de solidez acima do novo valor exigido pelo Banco Central Europeu na sequência do processo de revisão e avaliação de supervisão (SREP). “O banco cumpre os valores indicativos do SREP”, adiantou fonte próxima da instituição ao Negócios.

Bruno Simão/Negócios
Maria João Gago mjgago@negocios.pt 08 de Outubro de 2015 às 18:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...

O BCP tem um rácio de solidez acima do valor que lhe vai ser exigido pelo BCE na sequência do processo de revisão e avaliação de supervisão (SREP) que estabelece requisitos de capital individuais para os maiores bancos europeus em função do seu perfil de risco.

 

"O banco cumpre os valores indicativos do SREP", adiantou fonte próxima da instituição ao Negócios, confirmando a informação publicada na edição desta quinta-feira, 8 de Outubro, de que CGD, BCP e BPI já "conhecem as exigências de solidez que o BCE vai impor a cada um, após avaliar o seu nível de risco" e estão confortáveis com o seu desempenho face a estas exigências, que apontam para rácios acima de 10%.

 

Neste momento, os bancos apenas conhecem as metas indicativas definidas pelo BCE. O novo supervisor europeu só tomará uma decisão final sobre os requisitos a impor a cada banco em Novembro.

 

O objectivo do SREP é fixar, para cada instituição, uma meta de solidez acima do requisito mínimo legal, que será menos exigente quanto menor for o risco associado a cada banco. O BCE esteve a rever as estratégias, procedimentos e sistemas das instituições financeiras para avaliar os riscos a que estão expostas, aqueles que podem colocar ao conjunto do sistema e os que resultam dos testes de stress realizados há um ano pelo novo supervisor europeu. É em função desta análise que são definidos os requisitos exigidos a cada banco.
Ver comentários
Saber mais BCP Nuno Amado SREP BCE rácios de solidez
Outras Notícias