Banca & Finanças BPI: Reduzir no BFA era alternativa mas não passou em Frankfurt
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

BPI: Reduzir no BFA era alternativa mas não passou em Frankfurt

A venda de 10% do BFA à Unitel, controlada por Isabel dos Santos, permitia resolver problema angolano em termos técnicos. Mas terá recebido chumbo político do BCE.
BPI: Reduzir no BFA era alternativa mas não passou em Frankfurt
Pedro Trindade/Negócios
Maria João Gago 17 de fevereiro de 2016 às 00:01

Desde que foi conhecida a intenção do BPI de avançar com a cisão dos activos africanos, a venda do controlo do BFA foi uma alternativa sempre latente nas negociações entre o banco português e a Unitel, cuja

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI