Banca & Finanças Lucros do Goldman caem 20% mas superam estimativas

Lucros do Goldman caem 20% mas superam estimativas

O banco americano Goldman Sachs reportou uma quebra de 20% dos seus lucros no primeiro trimestre do ano. O número superou as estimativas dos analistas, mas em termos de receitas os dados não são tão animadores.
Lucros do Goldman caem 20% mas superam estimativas
Bloomberg
Negócios 15 de abril de 2019 às 13:04

O Goldman Sachs fechou o primeiro trimestre do ano com um lucro de 2,25 mil milhões de dólares, ou 5,71 dólares por ação, o que corresponde a uma quebra de 20% face ao período homólogo. Este resultado superou as estimativas dos analistas, citados pela CNBC, e que apontavam para um lucro de 4,89 dólares por ação.

 

Já as receitas diminuíram 13% para 8,81 mil milhões de dólares, um valor que ficou aquém das estimativas dos analistas, que apontavam para um volume de negócios de 8,9 mil milhões de dólares. A ditar este desempenho das receitas estiveram dois segmentos: negociação e a unidade de investimento e financiamento.

 

O sexto maior banco americano é o mais dependente de Wall Street, realça a CNBC, que espera que os analistas estejam a preparar-se para questionar o banco sobre como correu o primeiro trimestre em termos de operações de negociação. Isto depois de o JPMorgan Chase ter revelado na semana passada que as receitas desta unidade caíram 17%.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI