Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Parvalorem com 15 milhões para indemnizações

A sociedade pública que tem os créditos tóxicos do BPN provisionou nas contas de 2012 um bolo de perto de 15 milhões de euros para pagar indemnizações para a saída de trabalhadores.

Venda do BPN ao BIC estará "fechada nos próximos dias"
Negócios 13 de Agosto de 2013 às 09:19
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

São 14,9 milhões de euros que a Parvalorem, sociedade veículo pública que detém os créditos tóxicos do BPN, reservou nas contas de 2012 para pagar rescisões. A empresa registou "uma provisão no montante de 14,9 milhões de euros para fazer frente às respectivas indemnizações", diz o relatório e contas da empresa, de 2012, citado pelo jornal "i".

 

O valor tem por base uma amostra de 250 colaboradores com maior remuneração.

 

O concurso para entregar a gestão da Parvalorem está na recta final e como o "Económico" tinha avançado a Logicomer será a empresa escolhida para ficar com a gestão dos créditos do ex-BPN, nos lotes de créditos que têm garantias associadas. A Logicomer é uma empresa de gestão e recuperação de créditos liderada por Luís Sousa. Já os dois lotes de gestão de créditos em incumprimento sem garantias serão entregues ao consórcio Finangeste (detida em 44% pelo Banco de Portugal) e Intrum Justitia.

 

Ver comentários
Saber mais parvalorem bpn despedimentos
Mais lidas
Outras Notícias