Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Relatório do inquérito ao Banif apresentado esta sexta-feira

Pelas 9:45, o deputado socialista Eurico Brilhante Dias vai apresentar as conclusões e as recomendações que retirou da comissão de inquérito ao Banif. Segunda-feira, o documento é discutido. Depois, haverá contributos da oposição.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 22 de Julho de 2016 às 08:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O relatório preliminar da comissão de inquérito ao Banif é divulgado esta sexta-feira. É neste documento que constam as conclusões e recomendações que o deputado relator, o socialista Eurico Brilhante Dias (na foto), tirou dos trabalhos da comissão.

 

A conferência de imprensa não estava prevista – essas foram sempre as indicações dadas pelos socialistas – mas acabou por ficar marcada para as 9:45.

 

O documento tinha de chegar até dia 21 de Julho (ontem) aos deputados. Na segunda-feira, o relatório será discutido na comissão de inquérito para depois poder receber contributos dos restantes partidos, sendo alvo posteriormente de votação final.

 

Foi a 3 de Fevereiro que a comissão de inquérito ao banco fundado por Horácio Roque tomou posse, menos de dois meses depois da intervenção do Banco de Portugal. A 20 de Dezembro de 2015, o Banif foi alvo de uma medida de resolução que o dividiu em três entidades: os principais activos e passivos foram vendidos ao Santander Totta; os activos que o banco espanhol não quis foram transferidos para o veículo Oitante; os accionistas e os obrigacionistas permaneceram no Banif, transformado em banco "mau", praticamente esvaziado de activos.

 

Pela comissão de inquérito passaram várias personalidades ligadas à vida do banco desde reguladores, ex-gestores e políticos. Mas ninguém foi mais do que Mário Centeno, ministro das Finanças, e Carlos Costa, ambos chamados por três vezes ao inquérito. Houve 35 reuniões que juntaram os deputados da comissão, a maior parte das quais audições.

Ver comentários
Saber mais Banif Eurico Brilhante Dias Horácio Roque Banco de Portugal Santander Totta
Mais lidas
Outras Notícias