Banca & Finanças Santander cria companhia capital de risco com fundos de 1.000 milhões de euros

Santander cria companhia capital de risco com fundos de 1.000 milhões de euros

O banco espanhol anunciou o lançamento da Tresmares, uma plataforma de "private equity" para pequenas e médias empresas.
Santander cria companhia capital de risco com fundos de 1.000 milhões de euros
Alexandre Azevedo/Cofina
Negócios 12 de dezembro de 2019 às 15:59
O banco Santander entrou no segmento do capital de risco, ao anunciar nesta quinta-feira, dia 12 de dezembro, o lançamento de uma plataforma de "private equity", a Tresmares, segundo o El País

A nova plataforma, que vai operar de forma independente ao banco, terá dois veículos - um de dívida privada e outro de capital de risco - no valor total de 1.000 milhões de euros, com o objetivo de permitir um financiamento alternativo para pequenas e médias empresas. 

A Tresmares é mais um passo na estratégia do banco neste segmento, que já lançou o Smart Fund, um fundo de dívida privada dotado de 620 milhões de euros, que permanecerá fora desta nova plataforma. 

O banco anunciou ainda que vai lançar também um veículo de capital de risco de 175 milhões, com uma participação própria de 40%, enquanto os 60% restantes estarão abertos a investidores institucionais.

O Santander contratou uma nova equipa especializada em capital de risco, que será liderada por Borja Pérez Arauna e Borja Oyarzábal, até então responsáveis pela Qualitas Equity.

Para já, a ideia é investir em empresas com um EBITDA entre um e sete milhões de euros, com um alto potencial de crescimento. Entre os setores mais cobiçados estarão a área da genética, alimentação saudável ou tecnologia para o mundo agrícola.

Além disso, o banco afirma que desenvolveu uma metodologia específica para detetar as empresas com maior potencial de crescimento, por meio de inteligência de negócios e análise de dados.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI