Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Solução para emigrantes do Novo Banco depende da compra de dívida

A solução que o Novo Banco acordou com os clientes emigrantes com poupanças bloqueadas em veículos do BES depende do sucesso da aquisição de dívida da instituição. Proposta prevê a recuperação de 75% do capital investido.

Rafael Marchante /Reuters
Maria João Gago mjgago@negocios.pt 09 de Agosto de 2017 às 22:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
A solução comercial que pretende garantir que os clientes emigrantes do Novo Banco vão poder recuperar 75% do valor investido em oito veículos criados pelo BES está dependente do sucesso da oferta de aquisição de dívida da instituição liderada por António Ramalho. Isto porque grande parte do património daqueles veículos está investido em obrigações do Novo Banco que só poderã...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Novo Banco António Ramalho emigrantes lesados AMELP compra de dívida
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias