Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Tribunal de Contas ataca injeções no Novo Banco mas próxima é para avançar

A auditoria do Tribunal de Contas ao Novo Banco refere que as perdas cobertas pelo Fundo de Resolução dizem respeito à atividade geral e não apenas aos ativos abrangidos pelo acordo de capitalização. Regulador e banco dizem que conclusão está errada.

Mário Centeno, governador do Banco de Portugal, deu uma conferência de imprensa para atacar as conclusões do Tribunal de Contas.
Mário Centeno, governador do Banco de Portugal, deu uma conferência de imprensa para atacar as conclusões do Tribunal de Contas. Pedro Nunes/Reuters
  • Assine já 1€/1 mês
  • 19
  • ...

O Fundo de Resolução (FdR) está a cobrir as perdas associadas à atividade geral do Novo Banco e não apenas aquelas que são provocadas pelos ativos abrangidos pelo mecanismo de capitalização contingente. Uma conclusão que consta da auditoria do Tribunal de Contas (TdC) à instituição financeira, e que tanto o fundo como o banco recusam. E, por isso, a próxima injeção é para avanç

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Novo Banco FdR Tribunal de Contas TdC BdP Mário Centeno Fundo de Resolução Banco de Portugal
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias