Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

“Caos” legislativo abre nova guerra nas rendas dos centros comerciais

O Orçamento suplementar, que entrou em vigor em julho, liberta as lojas de centros comerciais do pagamento da componente fixa da renda até ao fim do ano. Os lojistas entendem que a lei deve ser retroativa, mas os centros discordam.

A associação dos centros comerciais diz que a questão das rendas entre 18 de março e 25 de julho é um assunto      arrumado.
A associação dos centros comerciais diz que a questão das rendas entre 18 de março e 25 de julho é um assunto arrumado. Mário Cruz
Ana Sanlez anasanlez@negocios.pt 23 de Agosto de 2020 às 22:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

Passaram semanas a negociar, com trocas de acusações de parte a parte. Dois meses depois da reabertura, centros comerciais e lojistas ainda não se entendem quanto ao pagamento das rendas. A confusão foi lançada pelo Orçamento suplementar, em vigor desde 25 de julho, que dispensa os lojistas do pagamento da componente fixa da renda até 31 de dezembro, sendo apenas devido o montante variável, que depende do volume de vendas.

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Miguel Pina Martins ANTÓNIO SAMPAIO DE MATTOS Miguel Matos José Carlos Teixeira
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias