Comércio FNAC atinge receitas de 1,6 mil milhões de euros no primeiro trimestre deste ano

FNAC atinge receitas de 1,6 mil milhões de euros no primeiro trimestre deste ano

As receitas do grupo FNAC registaram um crescimento de 0,6% no primeiro trimestre deste ano, o que representa um valor de 1.686 milhões de euros em receitas.
FNAC atinge receitas de 1,6 mil milhões de euros no primeiro trimestre deste ano
Raquel Murgeira 20 de abril de 2018 às 15:30

O grupo FNAC totalizou um valor de 1.686 milhões de euros em receitas no primeiro trimestre de 2018, o que representa um crescimento de 0,6% face a igual período do ano passado, segundo um comunicado da empresa.

O mercado França-Suíça registou uma receita de 1.303 milhões de euros. A Península Ibérica atingiu um volume de negócios de 152 milhões de dólares e o Benelux, grupo formado pela Bélgica, Países Baixos e Luxemburgo, registou receitas de 231 milhões de euros.

Já em Portugal, as vendas mostram um "crescimento robusto" conduzido pela expansão e por uma "boa dinâmica de consumo", revela o comunicado. O grupo pretende continuar a aumentar a sua quota de mercado em Portugal tanto no mercado de produtos técnicos como editoriais, segundo o relatório.

As receitas do grupo FNAC cresceram em todos os mercados em que a marca está presente, com excepção do mercado França-Suíça, onde se registou uma queda de 0,3%. Na Península Ibérica registou-se um crescimento de 3,4% este ano. Já o Benelux observou um aumento de 4,2%, de acordo com dados apresentados no relatório da empresa.

"O mercado, como um todo, foi afectado por um ambiente de quebra de consumo em Fevereiro, muito devido às condições climatéricas adversas excepcionais", explica o comunicado da empresa. Assim, apesar de a empresa ter registado aumentos de receitas na generalidade dos mercados, "estima-se que o impacto das más condições temporais ronde os -0,4 pontos no trimestre".

Apesar deste contexto o grupo FNAC "foi capaz de aproveitar o bom posicionamento em sectores-chave como livros e telefones", de acordo com o comunicado.

As vendas de pequenos electrodomésticos de marca branca cresceram. E embora o mercado TI tenha sofrido "um impacto desfavorável do ciclo de inovação", conseguiu registar um crescimento de dois dígitos neste sector.

O grupo enriqueceu o seu ecossistema de parceiros durante este primeiro trimestre ao fechar um acordo estratégico com o Google para abrir espaços em todas as suas lojas. Também o processo de encerramento do acordo com o Carrefour está a "avançar rapidamente". O grupo reforçou ainda a sua parceria com a Orange, principal empresa de telecomunicações de França.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI