Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Grande distribuição alvo da Concorrência pelo "peso que tem nas famílias"

Margarida Matos Rosa salienta que continuam 10 investigações em curso.

A entidade liderada por Margarida Matos Rosa entende que também deve ter “orientação para o bem comum”.
Pedro Catarino
Alexandra Machado amachado@negocios.pt 14 de Julho de 2020 às 12:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A grande distribuição tem sido alvo de várias decisões da Autoridade da Concorrência que garante ter mais 10 casos em investigação. 

A AdC já tinha revelado o número de processos que ainda tem em mãos. Margarida Matos Rosa, presidente da Autoridade da Concorrência, explica que este é um setor prioritário para a entidade pelo peso que tem nas famílias portuguesas. "É mais do que justificado este foco", disse, em audição parlamentar.

A maioria das investigações são por práticas de "hub-and-spoke", em que os distribuidores recorrem a contactos bilaterais com o fornecedor para promover ou garantir, através deste, que todos praticam o mesmo preço de venda ao público no mercado retalhista, ou seja, são os fornecedores que são utilizados para a coordenação do preço de venda.

Margarida Matos Rosa salienta que estas práticas "são muito graves e prejudiciais para todos os consumnidores, já que ficam privados na opção de escolha em produtos de consumo diário".

Há 10 casos em investigação, lamentando a presidente da entidade "não conseguirmos ir a todos".

Já produziu 6 acusações nestes casos, e "mais haverá nos próximos meses se a investigação levar à conclusão de que há indícios fortes de prática ilícita". Estando agora na fase de defesa das acusações. 

Ver comentários
Saber mais Concorrência Autoridade da Concorrência Margarida Matos Rosa bens de consumo
Mais lidas
Outras Notícias