Mota-Engil tem Panamá e Canadá na mira

A Mota-Engil pretende continuar a sua expansão internacional e prepara mesmo a primeira incursão na América do Norte, mais concretamente no Canadá. Também o Panamá está na mira da construtora liderada por Gonçalo Moura Martins.
Jornal de Negócios
pub
Negócios 17 de agosto de 2018 às 12:41

A Mota-Engil pretende continuar a sua expansão internacional e prepara mesmo a primeira incursão na América do Norte, mais concretamente no Canadá. Também o Panamá está na mira da construtora liderada por Gonçalo Moura Martins, noticia esta sexta-feira o Jornal Económico.
A empresa refere na sua revista interna, a Sinergia, que abriu um escritório na capital panamiana no início deste ano.
"Actualmente, a Mota-Engil Panamá encontra-se em fase de estudo de oportunidades que possam dar início a projectos nas áreas das infra-estruturas", refere a publicação.
Também o Canadá está nos planos da construtora, tendo uma delegação no país começado a funcionar em Janeiro deste ano no "levantamento de oportunidades de negócio com vista a estabelecer futuras parcerias, estando a identificar projectos na área das infra-estruturas".
Recentemente, a Mota-Engil anunciou a entrada no mercado argentino, através de um consórcio, no qual possui uma participação de 33%, para uma concessão rodoviária. Este anúncio surgiu menos de um mês após a construtora ter revelado uma parceria com a nigeriana Shoreline para o mercado da Nigéria.
A Mota-Engil está presente em 30 países, aos quais se deverão somar brevemente Panamá e Canadá.

pub