Desporto Benfica prevê ter metade do estádio sempre vendido à cabeça

Benfica prevê ter metade do estádio sempre vendido à cabeça

Esta época, o clube da Luz vendeu mais de 30 mil RedPass, lugares de época no seu estádio. Domingos Soares de Oliveira não tem dúvidas de que os 33 mil lugares vão ser ultrapassados, metade da lotação total do recinto benfiquista.
Benfica prevê ter metade do estádio sempre vendido à cabeça
Miguel Baltazar
Tiago Freire 03 de abril de 2017 às 18:57
O Benfica deverá ultrapassar em breve os 33 mil RedPass vendidos por época, garantindo assim que metade da lotação do seu estádio está vendida à cabeça. Esta é a convicção expressada hoje por Domingos Soares de Oliveira, na apresentação à imprensa sobre a nova emissão obrigacionista do clube das águias.

Em declarações ao Negócios, o responsável pela área financeira da Benfica SAD foi peremptório: "Nós hoje temos metade do estádio vendido antes de se dar um pontapé na bola e isso é um valor que nunca tínhamos alcançado, vamos claramente ultrapassar os 33 mil lugares pré-vendidos".

Questionado sobre o efeito financeiro que tem o facto de o clube ser campeão, Soares de Oliveira lembrou que o alcance é mais sensível nas áreas mais ligadas à emoção do adepto, como a bilhética e os lugares de época (que se chamam RedPass, no caso do Benfica). "Somos tricampeões e todos os anos, depois do sucesso alcançado, crescemos em termos de RedPass e sócios, em termos líquidos de entradas e saídas", ilustrou.

O estádio da Luz é o maior do país, com uma lotação máxima de 66 mil espectadores. Na primeira metade da época, de acordo com dados divulgados pelo mesmo responsável, o recinto contou com uma média de espectadores a rondar os 51 mil por partida.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI