Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cristiano Ronaldo passa a ganhar 17 milhões por ano após renovar com o Real Madrid

O futebolista internacional português Cristiano Ronaldo renovou hoje o contrato com o Real Madrid, por três anos, até 2018, num acto transmitido em directo a partir do estádio Santiago Bernabéu.

Reuters
Lusa 15 de Setembro de 2013 às 15:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • 15
  • ...

Cristiano Ronaldo, de 28 anos, contratado no verão de 2009, fica vinculado ao Real Madrid até aos 33 anos, pelo que pode terminar a carreira no clube espanhol, como vaticinou em Junho o presidente dos "merengues", Florentino Lopez.

 

Além do presidente do clube e do director Fernando Fernández Tapias, Ronaldo esteve acompanhado na cerimónia de assinatura do novo contrato pelo seu agente, Jorge Mendes, antes de uma conferência de imprensa conjunta.

 

"Quero agradecer aos meus companheiros, ao meu treinador e ao presidente porque finalmente chegámos a um acordo que me deixa extremamente feliz. É um prémio continuar nesta casa, que me deu muitas coisas. Vou continuar com trabalho e espírito de sacrifício em todos os jogos. Vou dar o melhor de mim", afirmou o internacional português.

 

As declarações de Ronaldo contrastam com as que fez há cerca de um ano após um jogo com o Granada, afirmando que não festejou o golo marcado por estava "triste" e que o presidente, Florentino Pérez, sabia porquê.

 

"Para mim, este é um dia muito especial. Estou muito agradecido ao meu presidente. Estou extremamente feliz", insistiu Cristiano Ronaldo, que estendeu o seu vínculo ao Real pelas próximas cinco temporadas, incluindo a atua. "Pode ser o final da minha carreira nesta casa e está tudo dito", frisou o extremo madeirense, de 28 anos.

 

Cristiano, que ingressou no Real Madrid em 2009, vindo do Manchester United a troco de 94 milhões de euros, então um valor recorde, explicou como se chegou a um acordo entre as partes, depois de uma época recheada de rumores sobre a sua eventual saída do clube.

 

"Tínhamos um acordo praticamente no final da temporada. O presidente deu a sua palavra e eu também. Desde o final da temporada. Era algo que sempre quis. Queriam que continuasse no clube e eu também. Por eles, pelos adeptos do Madrid. Foi uma situação muito longa talvez para vocês [jornalistas], mas para nós não", garantiu Ronaldo.

 

Mais um milhão que Messi

 

Ronaldo escusou-se a valar nos valores envolvidos no contrato, embora o jornal Marca tenha noticiado que o português vai ganhar 17 milhões de euros por época, o que o coloca a par do sueco Zlatan Ibrahimovic, do Paris Saint-Germain, como futebolistas mais bem pagos do mundo.

 

"Na vida há coisas mais importantes que o dinheiro. É importante, sim, não vou mentir, mas a prioridade é um projecto de futuro, estar no melhor clube do mundo. O presidente contrata os melhores jogadores e sinto-me incluído nisto. Esta equipa pode ganhar mais ligas, mais taças e mais 'Champions'. Sinto-me integrado neste projecto. O dinheiro não é problema. Se não sou o primeiro [mais bem pago], não me importa", disse.

 

Sobre os motivos que o levaram a prolongar por três anos o contrato que terminava em 2015, Ronaldo aludiu ao carinho demonstrado pelos adeptos, definindo o público do Bernabéu como "único", admitindo depois que lhe passou pela cabeça deixar o Real Madrid.

 

"Não pensei, ou talvez tenha pensado, mas foi algo que não me tirou o sono. Não era algo que quisesse. Queria ficar no melhor clube do mundo. Sais de Madrid, está no 'top' e há que estar no 'top'. Gosto de estar no 'top' e o Real Madrid é o 'top' onde ficar muitos anos", declarou.

 

Formado nas escolas do Sporting, onde iniciou a sua carreira profissional em 2002, Cristiano Ronaldo rumou ao Manchester United, de Inglaterra, na época de 2003/04, numa transferência que valeu 17,5 milhões de euros aos "leões".

 

Ao longo de seis anos nos "red devils", Ronaldo conquistou três títulos de campeão inglês (2007, 2008 e 2009), uma Taça de Inglaterra (2004), uma Supertaça inglesa (2007), a Liga dos Campeões (2008) e o campeonato do Mundo de clubes (2008), além de duas edições da Taça da Liga (2006 e 2009).

 

Após o período "dourado" no United, o extremo madeirense transferiu-se para o Real Madrid por 94 milhões de euros, então um valor recorde. No clube "merengue", onde cumpre a sua quinta época, o madeirense sagrou-se campeão espanhol (2012), ganhou a Taça de Espanha (2012) e a Supertaça (2012).

 

Individualmente, Ronaldo conquistou a Bola de Ouro e foi eleito melhor jogador do Mundo pela FIFA em 2008, após uma época (2007/08) em que foi o melhor marcador da Europa, com 31 golos, conquistando a Bota de Ouro, um troféu que viria a ganhar também em 2010/11, com 40 golos.

Ver comentários
Saber mais Cristiano Ronaldo Real Madrid
Outras Notícias