Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

FC Porto vai propor adiamento de reembolso de obrigações por um ano

A SAD do FC Porto vai propor o adiamento por um ano do reembolso da emissão obrigacionista no valor de 35 milhões de euros que vence a 9 de junho.

Correio da Manhã
Negócios jng@negocios.pt 26 de Abril de 2020 às 16:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

A administração da SAD do FC Porto vai propor aos detentores de obrigações da emissão no valor de 35 milhões de euros que vence a 9 de junho o adiamento por um ano do reembolso, indicou o administrador financeiro da SAD, Fernando Gomes, em declarações ao O Jogo.

Esta opção deve-se à atual situação do mercado, devido à pandemia, que tornaria difícil uma nova emissão obrigacionista, assinala o dirigente.

«O que faríamos normalmente seria o lançamento de um novo empréstimo obrigacionista no mesmo valor e com a mesma taxa [4,5%], que é bastante boa. Já fizemos sete e sempre tivemos procura bastante superior à oferta. Neste último, superou em 2,5% os 35 milhões de euros. Mas entendemos que o momento é demasiado incerto para tentarmos essa operação», disse.

Assim, perante o risco de que a emissão não fosse totalmente subscrita, a SAD vai propor que o reembolso seja adiado por um ano, admitindo a possibilidade de que o reembolso possa ocorrer em janeiro do próximo ano, altura em que o clube poderá realizar um encaixe financeiro na janela de transferências de inverno.

O adiamento do reembolso necessita de ser aprovado em assembleia de obrigacionistas, algo que Fernando Gomes considera que deverá acontecer.

O Negócios já tinha questionado a SAD portista sobre esta matéria, mas a resposta obtida foi de que "a FC Porto SAD não presta declarações a órgãos de comunicação social do grupo Cofina".

Ver comentários
Saber mais Fernando Gomes futebol reembolso emissão obrigacionista fc porto sad
Mais lidas
Outras Notícias