Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Abertis e Autostrade vão aprovar fusão antes do aval do Governo italiano

A Abertis e a Autostrade deverão aprovar a fusão, mesmo antes de terem a garantia de um aval do Governo italiano.

Miguel Prado miguelprado@negocios.pt 28 de Junho de 2006 às 09:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Abertis e a Autostrade deverão aprovar a fusão, mesmo antes de terem a garantia de um aval do Governo italiano.

O presidente da Autostrade, Gian Maria Gros-Pietro, afirmou ontem, à entrada para uma reunião com a Abertis, que as duas empresas solicitarão a autorização do Executivo de Romano Prodi, mas apenas depois de os accionistas aprovarem o negócio nas assembleias extraordinárias agendadas para a próxima sexta-feira.

O presidente da Abertis, Isidre Fainé, disse apenas, segundo escreve hoje o jornal «Cinco Días», que as empresas seguirão em frente «com calma».  

Nos últimos dias intensificou-se a pressão do Governo italiano, que se opõe à fusão entre as duas companhias, receando que a Autostrade possa desinvestir do mercado italiano.

Além das ameaças de retirar concessões à Autostrade, o ministro das Infraestruturas de Itália, António Di Pietro, chegou a sugerir ao ministro da Economia, Tommaso Padoa Schioppa, que nomeie um novo gestor para a concessionária de auto-estradas que substitua o actual presidente, Vincenzo Pozzi.

À beira de se unir com a Abertis, para criar o maior grupo mundial de concessões rodoviárias, a Autostrade anunciou ontem a compra de 22% da polaca Stalexport, que gere, até 2027, a auto-estrada que liga Cracóvia a Katowice.

Outras Notícias