Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Air France e KLM têm de realizar concessões para ver união aprovada

A Air France e a KLM Royal Dutch Airlines terão de efectuar concessões à concorrência de forma a evitar um adiamento nos seus planos de fusão, revelou hoje Goetz Dautz, um dos responsáveis da área de concorrência da Comissão Europeia.

Ruben Bicho rbicho@mediafin.pt 10 de Fevereiro de 2004 às 14:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Air France e a KLM Royal Dutch Airlines terão de efectuar concessões à concorrência de forma a evitar um adiamento nos seus planos de fusão, revelou hoje Goetz Dautz, um dos responsáveis da área de concorrência da Comissão Europeia.

Em Setembro de 2003 a Air France chegou a acordo com a KLM para comprar a companhia aérea holandesa por 784 milhões de euros em acções. Desde essa altura as duas empresas têm estado em negociações com a Comissão Europeia de forma a obter um parecer positivo da secção de concorrência em relação à sua união.

O parecer – tanto da Comissão Europeia como do Departamento de Justiça norte-americano – está agendado para amanhã, e até lá espera-se que a Air France e a KLM apresentem concessões de última hora.

"Eles sabem quais são os problemas que surgiram nas análises de mercado", afirmou o director da secção de fusões da divisão de concorrência da Comissão Europeia, Goetz Dautz, em conferência de imprensa, citado pela Bloomberg.

Os problemas referidos por Goetz Dautz estão ligados à cedência de horários para descolagem e aterragem de voos operados por empresas rivais em rotas exclusivas.

Caso a Air France e a KLM não cedam horários suficientes, será lançado um estudo de quatro meses à união das duas empresas que irá atrasar os planos da fusão.

Para já as duas empresas avançaram com uma proposta de cedência de horários para 27 voos diários nos aeroportos de Charles de Gaulle (Paris) e Schiphol (Amesterdão), segundo revela a Bloomberg. Destes 27 horários, 24 são para voos na Europa e 3 para voos transatlânticos.

A Air France realiza cerca de 1800 voos por dia, cobrindo 198 destinos. A KLM oferece mais de 600 voos por dia para 142 localizações. Da união destas duas empresas resultaria a terceira maior companhia aérea em termos de tráfego, superada pelas norte-americanas United Airlines e American Airlines. Em termos de receitas, seria a maior, com vendas anuais na ordem dos 19,2 mil milhões de euros.

As acções da Air France [AF FP] seguiam a ganhar 6,03% para os 14,95 euros.

As acções da KLM [KLM NA] subiam 6,27% para os 16,60 euros.

Ver comentários
Outras Notícias