Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Benetton abandona produção em Espanha com encerramento de fábrica em Barcelona

O processo de reorganização que a Benetton iniciou há quase dois anos terá um impacto «forte» em Espanha, já que a retalhista pretende encerrar a actividade produtiva na sua fábrica, em Barcelona. A companhia italiana tem uma fábrica na Maia.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 22 de Julho de 2004 às 12:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O processo de reorganização que a Benetton iniciou há quase dois anos terá um impacto «forte» em Espanha, já que a retalhista pretende encerrar a actividade produtiva na sua fábrica, em Barcelona. A companhia italiana tem uma fábrica na Maia.

A edição de hoje do jornal espanhol «Cinco Dias», acrescenta que no ano passado esta filial facturou 48 milhões de euros, ou seja 26% menos do que no exercício anterior. Os lucros caíram 25% para sete milhões de euros.

Segundo a mesma fonte, a Benetton tem reduzido de forma gradual a sua actividade fabril em Espanha. Há dois anos, a empresa italiana vendeu a sua fábrica, localizada em Cervera em Espanha, a um grupo têxtil local que era fornecedor do grupo Confecciones Butsenit, propriedade de Francesc Huguet.

A empresa inicia agora a segunda parte do processo. Em informação no relatório de contas referente ao exercício de 2003, a sociedade alerta que para 2004, o grupo estimou uma redução nas suas vendas, «a raiz do encerramento da actividade produtiva da sociedade dominante, as quais flutuam em função das necessidades da matriz italiana», explica o jornal.

A filial espanhola reconhece que, como consequência de um processo de reorganização no seio do grupo, «está previsto que haja progressivamente uma desaceleração na mencionada actividade produtiva», sem adiantar mais pormenores ao diário espanhol.

Presidente da Benetton chegou a dizer que o mercado espanhol era um dos mais interessantes

Com a progressiva diminuição da actividade fabril, o volume de negócios da filial tem vindo a decrescer. No ano passado, as receitas desceram mais de 26% para os 48,3 milhões de euros face aos 65,7 milhões de euros de 2002, ano em que já se registava uma queda de 13% nas vendas. Os lucros também caíram de forma significativa, 24% no ano passado para sete milhões de euros e 17% no exercício anterior, já que em 2001 os resultados líquidos tinham sido de 11,14 milhões de euros.

Há três anos e meio, o presidente da Benetton, Luciano Benetton, chegou mesmo a assegurar que o mercado espanhol era um dos mais interessantes para a multinacional e que previam um aumento na produção das fábricas espanholas entre 10% e 12% a nível anual. Nessa altura produziam-se dez milhões de peças por ano. Pouco depois, o grupo iniciou um processo de reordenação interna desviando parte de produção de umas fábricas para outras.

O jornal espanhol «Cinco Dias» adianta também que um dos projectos que a Benetton Espanha planeia iniciar ao longo de 2004 é a entrada no negócio imobiliário, segundo o relatório de contas de gestão de 2003. Não obstante, o grupo já conta com outra sociedade para este tipo de actividades, a Benetton Realty Spain.

A Benetton Espanha conta com 66 empregados e a multinacional tem também uma fábrica na Maia.

Ver comentários
Outras Notícias