Empresas Credores da Maló Clinic reclamam quase 95 milhões

Credores da Maló Clinic reclamam quase 95 milhões

OS 88 credores da Maló Clinic, que está em Processo Especial de Revitalização, querem recuperar 94,6 milhões de euros. O Novo Banco é o maior credor e reclama mais de 56 milhões de euros.
Credores da Maló Clinic reclamam quase 95 milhões
Negócios 13 de setembro de 2019 às 09:02
São 88 os credores da Maló Clinic que reclamam o pagamento de cerca de 94,6 milhões de euros, segundo a lista provisória de credores do grupo, que está em Processo Especial de Revitalização (PER) desde agosto, noticia o Público na sua edição desta sexta-feira, 13 de setembro. 

No entanto, apenas são reconhecidos efetivamente 66,9 milhões de euros que, com juros, colocam o valor nos 70,8 milhões de euros.

O Novo Banco é o credor que reclama o maior montante (com um crédito reclamado e reconhecido de 56,07 milhões de euros). Segue-se o Banco Nacional Ultramarino, de Macau (da CGD), com 6,9 milhões de euros, e das empresas Nobel Biocare Portugal e Nobel Biocare Services, que reclamam mais de 2,4 milhões e 1,02 milhões, respectivamente.

Do lado do Estado, o grupo deve 1,9 milhões ao Instituto da Segurança Social. 

Em agosto, a Maló Clinic entrou em PER — um processo previsto na lei que permite às empresas tentar a reestruturação da dívida com os seus principais credores a fim de evitar a insolvência, sob a apreciação da justiça.

Em julho, a Atena Equity Partners, sociedade de capital de risco, que adquirira as clínicas Maló em maio, já tinha fechado um plano estratégico para a Maló Clinic. Além de um o investimento de quatro milhões de euros, a Atena chegou a acordo com bancos para reduzir o passivo.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI