Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ernst & Young escolhe Carmine Di Sibio para o cargo de "chairman" e CEO global

Carmine Di Sibio está na EY há 33 anos. O até agora "managing partner" da consultora para o serviço de clientes vai ocupar o cargo de "chairman" e CEO em julho.

Rita Atalaia ritaatalaia@negocios.pt 18 de Janeiro de 2019 às 16:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Ernst & Young (EY) escolheu Carmine Di Sibio para ocupar o cargo de "chairman" e CEO global. O até agora "managing partner" da consultora vai começar o seu mandato de quatro anos em julho.

 

De acordo com o site da consultora, Di Sibio vai substituir Mark Weinberger, confirmando o que já tinha sido avançado pelo The Wall Street Journal. O ex-presidente executivo, no cargo desde 2013, cessou funções em dezembro.

 

Carmine Di Sibio está há 33 anos na consultora. Exercia, atualmente, o cargo de "managing partner" global para o serviço de clientes, através do qual estava responsável pelos investimentos em tecnologia, assim como pela execução de aquisições e alianças estratégicas. Nos últimos seis anos, a EY realizou mais de 120 aquisições.

 

O responsável começou na EY como auditor, especializando-se em empresas ligadas a serviços financeiros. Passou depois a dedicar-se mais à consultoria. Foi ainda responsável global pelos serviços financeiros e "managing partner" regional nos EUA.

 

Di Sibio vai agora assumir a liderança de uma empresa com receitas de 34,8 mil milhões de dólares e que conta com mais de 270 mil trabalhadores em mais de 150 países. Nos EUA, os clientes incluem a Amazon, Apple, Facebook, Alphabet, Walmart e Verizon.

 

Em Portugal, a Caixa Geral de Depósitos (CGD) é um dos clientes da EY. A auditora foi escolhida pelo banco estatal para analisar as operações feitas entre 2000 e 2015. Desde o ano passado, a consultora também passou a auditar as contas da instituição financeira. 

Ver comentários
Saber mais Ernest & Young empresas
Mais lidas
Outras Notícias