Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Microsoft Portugal não tem "qualquer indicação" de reduções de postos de trabalho em Portugal

Para já, não há qualquer informação no que diz respeito à mais recente decisão da Microsoft na subsidiária portuguesa. A nível mundial, serão 18 mil os trabalhadores afectados.

Jorge Paula/Correio da Manhã
Wilson Ledo wilsonledo@negocios.pt 18 de Julho de 2014 às 13:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A Microsoft Portugal ainda não foi informada do impacto que o plano de redução de 18 mil postos de trabalho anunciado pela tecnológica esta quinta-feira, 17 de Julho, terá na filial lisboeta.

 

"Não temos qualquer indicação do que poderá vir a acontecer em Portugal", informou fonte oficial da Microsoft Portugal contactada pelo Negócios.

 

A subsidiária portuguesa remete para o anúncio de Satya Nadella aos funcionários que "irá reduzir gradualmente o seu quadro global de colaboradores em 18 mil pessoas até meados do próximo ano, num processo que se inicia já, com a redução de 13 mil postos de trabalho, fruto do alinhamento estratégico resultante da aquisição da unidade de dispositivos e serviços da Nokia".

 

O negócio entre a Microsoft e a Nokia foi fechado em Abril. "Quanto à Nokia em Portugal, o número de pessoas é bastante reduzido e estão todas integradas na nossa estrutura desde o primeiro dia", acrescentou. A equipa da Nokia em Portugal integrou a sede da Microsoft no Parque das Nações, em Lisboa, a 2 de Maio.

 

A Microsoft Portugal reforça ainda a recente contratação de 15 recém-licenciados para o centro de internacional de suporto remoto, na área de apoio à tecnologia ‘cloud’ para empresas.

Ver comentários
Saber mais Microsoft Portugal Portugal Satya Nadella Microsoft Nokia Parque das Nações Lisboa economia negócios e finanças tecnologias de informação
Outras Notícias