Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Resolução do BES foi legal, defende advogado-geral da UE

Um grupo de acionistas e obrigacionistas internacionais do universo Espírito Santo pediu a anulação da resolução do BES aplicada pelo BdP. Um advogado-geral do Tribunal de Justiça da UE vem agora dar razão à decisão do regulador português.

Carlos Costa era o governador do Banco de Portugal quando o regulador decidiu aplicar a medida de resolução ao BES, em agosto de 2014.
Carlos Costa era o governador do Banco de Portugal quando o regulador decidiu aplicar a medida de resolução ao BES, em agosto de 2014. João Miguel Rodrigues
Rafaela Burd Relvas rafaelarelvas@negocios.pt 14 de Outubro de 2021 às 22:40
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...

A resolução do Banco Espírito Santo (BES) foi feita de acordo com a lei. Esta é a conclusão de um advogado-geral do Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE), para o qual o Supremo Tribunal Administrativo português remeteu dúvidas relativas à legalidade da medida aplicada pelo Banco de Portugal (BdP).

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais BES UE BdP TJUE Banco de Portugal Tribunal de Justiça da União Europeia Portugal Estados-membros resolução do Banco Espírito Santo
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias