Empresas The Weinstein Company vai pedir insolvência

The Weinstein Company vai pedir insolvência

A empresa do produtor de cinema Harvey Weinstein vai apresentar um pedido de insolvência depois de falhada a venda da produtora por um valor de 500 milhões de dólares.
The Weinstein Company vai pedir insolvência
Reuters
Negócios com Bloomberg 26 de fevereiro de 2018 às 07:56

O conselho de administração da The Weinstein Company anunciou este domingo que a produtora de filmes nova-iorquina planeia apresentar um pedido de insolvência, uma decisão que decorre do fracasso da venda da empresa por um valor em torno dos 500 milhões de dólares.

 

Nas últimas semanas a empresa tem tentado superar as dificuldades que surgiram depois de o dono da produtora Harvey Weinstein se ter visto envolvido num furacão mediático após ter sido acusado de abuso ou tentativa de abuso sexual por mais de 70 mulheres. Weinstein nega ter tido sexo não consensual com qualquer mulher.

 

Uma vez falhada a tentativa de venda que permitiria "preservar activos e postos de trabalho", o conselho de administração revelou a noite passada, através de comunicado, que ficou "sem escolha que não a de prosseguir o único caminho viável por forma a maximizar o valor remanescente: um processo de bancarrota ordeiro".

 

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
General Ciresp 26.02.2018

Tem sido notorio q quando alguem namerica mete o pe na orgola leva smlhante cacetada q nao indireita mais a espinhela.Nao obstante os casos sucedem-se.Ao q parece nao e um investimento q agrade o Sr. Buffett,secalhar as paredes estao todas untades de oleo branco.O demonio so encob.ate ao julgamento.

Saber mais e Alertas
pub