Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vencedor da privatização da ANA paga 100 milhões à cabeça

Governo publicou despacho a definir pagamento à cabeça. O vencedor terá de desembolsar 100 milhões de euros na fase inicial.

Alexandra Noronha anoronha@negocios.pt 19 de Dezembro de 2012 às 11:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Quem vencer a privatização da ANA, que está na sua recta final, terá que efectuar um pagamento inicial de 100 milhões de euros, segundo um despacho do Ministério das Finanças publicado em Diário da República na quarta-feira dia  19 de Dezembro. Esta informação já tinha sido avançada pelo "Público" na semana passada, mas só agora foi oficializada.

 

Assim, segundo o diploma “torna-se relevante definir desde já o montante correspondente ao pagamento da prestação pecuniária inicial, assim como o respectivo prazo de pagamento, de forma a que os investidores seleccionados para apresentarem propostas vinculativas de aquisição possam, atempadamente, adoptar as diligências necessárias ao pagamento desta prestação pecuniária inicial, o qual deve ocorrer em momento anterior à data de celebração dos instrumentos jurídicos que concretizam a venda por negociação particular”.

 

Esse montante ficou definido em 100 milhões de euros que “deve ser efectuado até ao momento da celebração dos instrumentos jurídicos relativos à venda por negociação particular”, segundo o despacho.

 

A decisão do Governo quanto à ANA deverá ser tomada no Conselho de Ministros do dia 27 de Dezembro. Estão quatro consórcio a concorrer: a Fraport/IFM, Vinci, Zürich/CCR/GIP e EAMA (liderado pela Corporación América)

Ver comentários
Saber mais ANA privatização
Mais lidas
Outras Notícias