EDP Renováveis reforça produção de energia eólica no Brasil

A EDP Renováveis contratualizou a produção de energia eólica a partir de duas novas instalações, que estarão em actividade a partir de 2024.
Jornal de Negócios
pub
Ana Batalha Oliveira 03 de setembro de 2018 às 07:40

A EDP Renováveis Brasil, subsidiária da eléctrica de energia limpas portuguesa, fechou contratos de Aquisição de Energia (CAE) a 20 anos para a venda de electricidade no mercado regulado brasileiro.

A energia necessária a este abastecimento vai ser gerada em dois parques eólicos, os quais serão ainda instalados no estado de Rio Grande do Norte. Um, em Jerusalém, terá a capacidade registada de 176 MW e um segundo, em Monte Verde, de 253 MW.

"O preço atribuído aos contratos de longo prazo foi de R$94/MWh e R$87/MWh respectivamente, sendo que ambas as tarifas estão indexadas à inflação brasileira", informa ainda a empresa no comunicado publicado na Comissão de Mercado e Valores Mobiliários (CMVM).

Estas novas operações só deverão ter início em 2024. Contudo, considerando estes contratos, a EDP Renováveis já tem contratualizados projectos de longo prazo que somam 0,8 GW de energia. Alguns têm o início das operações marcado já para este ano, e os restantes a partir de 2023.

Somando aos projectos já em actividade, a EDP Renováveis conta agora com 1,1 GW de energia a ser produzida em território brasileiro.

pub

pub