Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP cria plano de saúde para os clientes do mercado livre

A EDP vai lançar-se numa nova área de negócio: criou um plano de saúde para os clientes do mercado livre, que dá direito a descontos até 70% em consultas e conta com mais de 29.000 parceiros de saúde.

Bruno Simão/Negócios
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 22 de Maio de 2018 às 00:01
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...
A partir de agora, os clientes da EDP Comercial - inscritos no mercado livre de energia - têm a opção de aderir ao Plano EDP Mais, o plano de saúde criado pela eléctrica, avançou a empresa ao Negócios.

O plano, que soma 4,90 euros por mês à factura da electricidade, dá descontos até 70% nas consultas. Deste modo, consultas de clínica geral e de especialidade podem ficar por 25 euros, uma ida ao dentista por 20 euros e pedir um médico ao domicílio por cerca de 15 euros. Já exames médicos, cirurgias, tratamentos ou partos podem custar até menos 40% aos clientes da EDP que pretendam aderir a este plano.

A empresa liderada por António Mexia diz ter fechado 29.000 parcerias com prestadores de cuidados de saúde e avança alguns dos nomes da lista. Entre eles estão a CUF, a Fundação Champalimaud, Lusíadas, Cruz Vermelha, British Hospital, Trofa Saúde e o Hospital Particular do Algarve. A base de 4 milhões de clientes da EDP Comercial terá sido chave nas negociações com os prestadores de cuidados de saúde.

Além dos benefícios no acesso aos cuidados , a EDP acrescenta outras ofertas ao pacote. A parceria com entidades da cultura, como o Teatro Politeama ou o Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia (MAAT), dá direito a dois bilhetes pelo preço de um. O plano também inclui estadias grátis na compra de duas noites de alojamento, em estabelecimentos como o Ecorkhotel.

A oferta da EDP não impõe restrições de adesão tendo em conta a idade dos clientes ou o historial clínico. Também não tem período de carência, nem limite de utilização. O plano abarca até um máximo de cinco pessoas, que podem ser família ou amigos. Por cada elemento extra a eléctrica cobra 3,50 euros, além dos 4,90 euros iniciais.

A EDP volta assim a diversificar as suas áreas de negócio, embora este seja o desvio mais acentuado em relação à área de fornecimento de energia. Anteriormente, a energética acrescentou ao portefólio o serviço Funciona, que se dedica à reparação e manutenção de electrodomésticos. Outros exemplos de diversificação são os postos de carregamento de veículos eléctricos, instalados nas auto-estradas nacionais, e o serviço re:dy, que consiste numa ferramenta que permite o controlo do consumo fora de casa.
Ver comentários
Saber mais EDP energia plano de saúde saúde António Mexia mercado livre descontos EDP Comercial Plano EDP Mais Fundação Champalimaud Hospital Particular do Algarve Cruz Vermelha British Hospital Lusíadas Museu de Arte Arquitectura e Tecnologia Ecorkhotel
Outras Notícias