Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP tem 100 milhões de euros para startups de energia

A elétrica portuguesa quer mais do que duplicar o investimento em startups, apostando em empresas de todo o mundo, já com provas dadas, com foco na transição energética.

Família EDP sobe dividendo?
Marta Velho martavelho@negocios.pt 04 de Abril de 2022 às 11:44
  • Partilhar artigo
  • ...
A EDP vai mais do que duplicar o seu investimento em startups. Através da sua capital de risco, a EDP Ventures, a empresa tem 100 milhões de euros até 2025, para investir em tecnológicas do mundo inteiro, com provas dadas, na área da transição energética.

O montante compara com os 45 milhões que a elétrica portuguesa investiu na última década e vai ser direcionado para rondas série B, para startups que já tenham validado o seu modelo de negócio e estejam agora à procura de industrializar a sua oferta. "A EDP poderá investir também em séries C e manterá a sua abordagem tradicional de investimento em startups em fase Seed e séries A. A EDP prevê investir até 10 milhões de euros por empresa", indica a empresa em comunicado.

"Estamos focados em encontrar as soluções e tecnologias que farão a diferença num futuro descarbonizado e mais sustentável. À medida que o setor elétrico se altera a uma velocidade sem precedentes, queremos somar ao nosso conhecimento as startups mais promissoras, com um foco claro em projetos que possam representar oportunidades de crescimento. Os próximos anos serão desafiantes para a transição energética e queremos enfrentá-los com as melhores ideias a nível global", destaca Ana Paula Marques, administradora da EDP.

O anúncio enquadra-se no Plano Estratégico da empresa até 2025, que prevê a duplicação da capacidade da EDP em energia eólica e solar, mas também o desenvolvimento de redes cada vez mais eficientes e a criação de mais soluções de sustentabilidade para famílias e empresas. Para alcançar estes objetivos, o investimento em inovação que acelere a transição energética foi também reforçado.

Com uma equipa de investimento ativa a partir de São Paulo, Madrid e Lisboa, um dos objetivos nesta nova fase passa pelo reforço da atividade de investimento nos grandes centros de inovação globais como Estados Unidos, Europa, Israel ou extremo Oriente, apoiando-se neste último caso no recente investimento da EDP em Singapura, indica a empresa.
Ver comentários
Saber mais EDP Ventures economia negócios e finanças energia Informação sobre empresas grandes empresas
Outras Notícias