Energia "EDP tornou-se arma de arremesso eleitoral"
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

"EDP tornou-se arma de arremesso eleitoral"

Luís Amado acredita que o tema das rendas tem prejudicado a reputação da EDP e que não passa de uma "arma eleitoral". Apesar de ser contra "nacionalismos económicos", lamenta a política de "desgaste e erosão" em torno da "campeã" EDP.
A carregar o vídeo ...
Sara Ribeiro e Rosário Lira

O presidente do conselho geral e de supervisão da EDP rejeita que haja uma perseguição à empresa. Mas considera que a elétrica se tornou uma "arma de arremesso na batalha política e eleitoral". Luís Amado

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI